SaborIntenso

SaborIntenso (https://www.saborintenso.com/)
-   Truques e Dicas (https://www.saborintenso.com/f46/)
-   -   Vinhos e Gastronomia (https://www.saborintenso.com/f46/vinhos-gastronomia-2120/)

glutao 27-01-2010 19:47

Vinhos e Gastronomia
 
1 Anexo(s)
Beber vinho com moderação além de ser uma atitude saudável, ajuda melhor a apreciar os diversos pratos que compõem a rica e variada gastronomia nacional.

É fundamental a escolha do tipo de vinho de acordo com o prato servido.
Existem regras básicas, que nos dizem que tipo vinho deveremos escolher de acordo com o prato servido.

Alguns exemplos:

Mariscos:
  • Cozidos: vão bem com vinho branco leve, acídulo ou com vinho verde branco.
  • Gratinados, cozinhados com gordura, ervas aromáticas, especiarias ou natas: requerem um vinho branco seco, menos acídulo e menos jovem.
Peixes:
  • Cozidos ou grelhados: são beneficiados quando acompanhados por um vinho branco, um pouco acídulo, leve, frutado e vivo.
  • No forno: deverão ser servidos com vinho branco mais seco, encorpado e capitoso.
Excepções: Com a sardinha assada e o bacalhau, vai bem um vinho tinto, encorpado.

Carnes:
  • Vermelhas: necessitam de vinhos tintos encorpados, com "bouquet".
  • Brancas: irão melhor com vinhos brancos fortes ou rosados, mais jovens e menos carregados de aroma e sabor.
Excepção - O leitão assado no forno deverá sempre ter um espumante natural a acompanhá-lo.

Caça:
  • Combina com vinho tinto velho, aveludado, com um bom "bouquet".
Massas:
  • Com creme de leite ou suaves: combina com vinho tinto suave, frutado.
  • Com muito condimento: necessitam de vinhos tintos encorporados, com "bouquet".
Saladas:
  • Especialmente as de folhas verdes: combina com vinho tinto.
Doces:
  • Acompanha bem com um vinho licoroso doce ou meio doce, conforme a sobremesa tenha mais ou menos açúcar na sua confecção, ou com um espumante doce.
Excepção - Se os doces tiverem chocolate ou nozes nunca acompanhar com espumante.

Queijos:
  • Tintos ou brancos, tudo depende do tipo de queijo.
Siga a seguinte orientação geral:

Queijos suaves ............................... vinhos tinto leves
Queijos de gosto mais forte .......... vinhos tintos encorpados
Queijos picantes ............................ vinhos brancos bem secos.


Os espumantes vão bem com tudo - Está na moda, começar e acabar uma refeição sempre na mesma companhia: o espumante natural.

Como aperitivo, o melhor é aquele que nos possa estimular o apetite para a refeição. Poderá ser um espumante bruto, um Madeira seco, um Porto branco seco ou, porque não, um vinho branco fresco e frutado, com o qual iremos continuar durante a refeição, até ao prato de carne.
O que nunca deverá ser servido como aperitivo, são os cocktails, pois estes deixarão o palato incapaz de apreciar os vinhos que venham a ser servidos posteriormente com a refeição.

Como digestivo e para terminar a refeição deverá servir-se uma aguardente vínica ou bagaceira.


Horários baseados em GMT. Agora são 00:27.

Copyright © 2009-2020 SaborIntenso®