Arroz Basmati Perfeito | SaborIntenso.com
SaborIntenso.com
Publicado a 04-10-2013, 00:11
por gagomes
Vou partilhar algumas dicas que aprendi ao longo deste último ano, na minha tentativa de fazer o arroz perfeito.

Para um arroz basmati perfeito, há uma série de truques que podem ser utilizados para obter excelentes resultados e impressionar amigos e familiares. As dicas abaixo ajudam a fazer um arroz solto e saboroso. Vou partilhar vários truques, incluindo os rácios de quantidade de arroz para quantidade de água necessários para cozinhar com o método de absorção ao invés do modo "pasta".

Uma porção média individual de arroz anda à volta das 75g. Para cada 75g de arroz, adicione 120ml de água. Para 2 porções 240ml de água e 150g de arroz, matemática simples não é?

Eu geralmente compro o arroz basmati em sacos de 10kg, uma vez que o uso frequentemente arroz como acompanhamento para a comida indiana e quando cozinho arroz faço porções de 500g. (que requer 960ml de água) -- além do mais, sai mais barato e quanto mais idade o arroz tem, mais saboroso é.

Antes de usar o arroz, lave-o. Embora o arroz seja exposto a uma pré-lavagem antes de embalado, mesmo em marcas profissionais o arroz ainda contêm muita goma, poeira e por vezes vê-se bichinhos e outras impurezas a boiar que não têm valor nutritivo que justifique manter no arroz . Limpar estas impurezas vai fazer com que o arroz fique um pouco mais salto e ajudar que absorva melhor a água e todo o sabor que estiver na panela. A textura vai ser mais leve e fofa também.

O método de lavagem que eu utilizo é simples. Usando um coador grande, coloco a quantidade de arroz que desejo cozinhar no coador. Dentro de uma tigela onde o coador caiba sem tocar nas paredes laterais e/ou fundo da tigela. Ponho a tigela e o coador com o arroz debaixo da torneira e deixo correr a água. Após o arroz começar a ficar submerso em água, levanto o coador e mergulho-o na agua dentro da tigela 2-3 vezes. Vão notar que esta água quase de instantâneo vai ficar esbranquiçada. Depois deita-se a água fora e volta-se ao princípio, repetindo até a água ficar quase transparente.

Quando a água finalmente já estiver transparente, deixe o coador com o arroz mergulhado dentro da água limpa durante 10-15minutos e depois deite fora a água e deixe o arroz escorrer toda a água no escoador para dentro da tigela (5-10 minutos). Não tentem espremer o arroz para escorrer a água mais rapidamente que isto só vai causar com que os grãos se partam e vai afectar o resultado final do arroz.

E agora pode começar a fazer o arroz com o método de absorção:

Coloque a água, o sal e uma-duas colheres de sopa de óleo veg. na panela em lume alto e adicione o arroz do coador. Coloque a tampa da panela e assim que começar a ferver, reduza para lume médio-baixo e retire a tampa. Mexa o arroz gentilmente, preferencialmente com um garfo de espeto para que nao agarre no fundo. Assim que o nível da agua comece a descer ao nível do arroz, reduza o lume para o mínimo que o fogão lhe permitir, coloque a tampa e deixe o arroz cozer no vapor. Resista à tentação de abrir a tampa antes dos 10 Minutos. Após os 10 minutos, o arroz estará pronto. Alternativamente, use uma panela de pressão com o mesmo método, sempre a lume médio e desligue o lume 1 minuto após atingir pressão. Deixe a pressão se libertar naturalmente, não tente forçar, pois isso vai resultado em arroz meio-cozido.

Nota: Se usa manteiga/óleo vegetal ou azeite no arroz, reduzir a água em 1/2 da quantidade destas gorduras. Exemplo 1 colher de sopa são mais ou menos 15ml.

Dica: Eu por vezes faço um refogado simples só com cebola picada, contudo há que lembrar que os refogados e temperos podem alterar a cor do arroz e ocultar o aroma natural do mesmo

Para um arroz indiano ("arroz pilau", não confundir com "arroz pilaf") perfeito e bastante aromático, pode usar as seguintes especiarias (indicado para 500g, reduza para metade se fizer quantidades inferiores de arroz) em conjunto com o método de preparação indicado acima:

9 cardamomos verdes
meia colher de chá de sementes de cominho
1 folha de louro
1 pau de canela (nao usar pó, pois o pó geralmente nota-se na textura do arroz)
4 cravinhos
1 estrela de aniz

Caso queira ainda mais fragrância, quebre as conchas dos cardamomos.

Dica: Escolha sempre uma panela larga para cozinhar o arroz. Isto serve para que o arroz não dilate à moda do metro na china, tudo ao molho e fé em deus.

Nota: Lembrem-se que não faço uso da lingua de camões com frequencia há já 5 anos, pelo que erros relativos à minha escrita são certamente esperados e se virem algo menos claro, por favor respondam abaixo e eu tentarei esclarecer assim que possível. espero que seja útil!
  #1  
Antigo
04-10-2013, 21:52
2
Não vi erro nenhum
Obrigado pelas dicas
10-10-2013, 21:50
3
De nada, Obrigado pela leitura Teresa!
09-01-2015, 17:36
4
Postado Originalmente por gagomes Ver Post
Vou partilhar algumas dicas que aprendi ao longo deste último ano, na minha tentativa de fazer o arroz perfeito.

Para um arroz basmati perfeito, há uma série de truques que podem ser utilizados para obter excelentes resultados e impressionar amigos e familiares. As dicas abaixo ajudam a fazer um arroz solto e saboroso. Vou partilhar vários truques, incluindo os rácios de quantidade de arroz para quantidade de água necessários para cozinhar com o método de absorção ao invés do modo "pasta".

Uma porção média individual de arroz anda à volta das 75g. Para cada 75g de arroz, adicione 120ml de água. Para 2 porções 240ml de água e 150g de arroz, matemática simples não é?

Eu geralmente compro o arroz basmati em sacos de 10kg, uma vez que o uso frequentemente arroz como acompanhamento para a comida indiana e quando cozinho arroz faço porções de 500g. (que requer 960ml de água) -- além do mais, sai mais barato e quanto mais idade o arroz tem, mais saboroso é.

Antes de usar o arroz, lave-o. Embora o arroz seja exposto a uma pré-lavagem antes de embalado, mesmo em marcas profissionais o arroz ainda contêm muita goma, poeira e por vezes vê-se bichinhos e outras impurezas a boiar que não têm valor nutritivo que justifique manter no arroz . Limpar estas impurezas vai fazer com que o arroz fique um pouco mais salto e ajudar que absorva melhor a água e todo o sabor que estiver na panela. A textura vai ser mais leve e fofa também.

O método de lavagem que eu utilizo é simples. Usando um coador grande, coloco a quantidade de arroz que desejo cozinhar no coador. Dentro de uma tigela onde o coador caiba sem tocar nas paredes laterais e/ou fundo da tigela. Ponho a tigela e o coador com o arroz debaixo da torneira e deixo correr a água. Após o arroz começar a ficar submerso em água, levanto o coador e mergulho-o na agua dentro da tigela 2-3 vezes. Vão notar que esta água quase de instantâneo vai ficar esbranquiçada. Depois deita-se a água fora e volta-se ao princípio, repetindo até a água ficar quase transparente.

Quando a água finalmente já estiver transparente, deixe o coador com o arroz mergulhado dentro da água limpa durante 10-15minutos e depois deite fora a água e deixe o arroz escorrer toda a água no escoador para dentro da tigela (5-10 minutos). Não tentem espremer o arroz para escorrer a água mais rapidamente que isto só vai causar com que os grãos se partam e vai afectar o resultado final do arroz.

E agora pode começar a fazer o arroz com o método de absorção:

Coloque a água, o sal e uma-duas colheres de sopa de óleo veg. na panela em lume alto e adicione o arroz do coador. Coloque a tampa da panela e assim que começar a ferver, reduza para lume médio-baixo e retire a tampa. Mexa o arroz gentilmente, preferencialmente com um garfo de espeto para que nao agarre no fundo. Assim que o nível da agua comece a descer ao nível do arroz, reduza o lume para o mínimo que o fogão lhe permitir, coloque a tampa e deixe o arroz cozer no vapor. Resista à tentação de abrir a tampa antes dos 10 Minutos. Após os 10 minutos, o arroz estará pronto. Alternativamente, use uma panela de pressão com o mesmo método, sempre a lume médio e desligue o lume 1 minuto após atingir pressão. Deixe a pressão se libertar naturalmente, não tente forçar, pois isso vai resultado em arroz meio-cozido.

Nota: Se usa manteiga/óleo vegetal ou azeite no arroz, reduzir a água em 1/2 da quantidade destas gorduras. Exemplo 1 colher de sopa são mais ou menos 15ml.

Dica: Eu por vezes faço um refogado simples só com cebola picada, contudo há que lembrar que os refogados e temperos podem alterar a cor do arroz e ocultar o aroma natural do mesmo

Para um arroz indiano ("arroz pilau", não confundir com "arroz pilaf") perfeito e bastante aromático, pode usar as seguintes especiarias (indicado para 500g, reduza para metade se fizer quantidades inferiores de arroz) em conjunto com o método de preparação indicado acima:

9 cardamomos verdes
meia colher de chá de sementes de cominho
1 folha de louro
1 pau de canela (nao usar pó, pois o pó geralmente nota-se na textura do arroz)
4 cravinhos
1 estrela de aniz

Caso queira ainda mais fragrância, quebre as conchas dos cardamomos.

Dica: Escolha sempre uma panela larga para cozinhar o arroz. Isto serve para que o arroz não dilate à moda do metro na china, tudo ao molho e fé em deus.

Nota: Lembrem-se que não faço uso da lingua de camões com frequencia há já 5 anos, pelo que erros relativos à minha escrita são certamente esperados e se virem algo menos claro, por favor respondam abaixo e eu tentarei esclarecer assim que possível. espero que seja útil!
Adorei* muito Obrigado"
20-04-2016, 00:38
5
Obrigado pelas dicas, a primeira vez que fiz e comi arroz basmati não gostei. Depois descobri este post, segui à risca as dicas e adorei o resultado
Guloso qb
 
LinkBack Ferramentas do Tópico
Copyright © 2009-2019 SaborIntenso®